BLOG Tecnofit

As principais tendências do mercado fitness para 2022

O ano de 2020 foi marcante na vida de várias pessoas, principalmente daquelas que trabalham no mercado fitness. Já em 2021, todos precisaram se reinventar para atender às necessidades do novo público fitness que surgiu.   Agora, em 2022, de certo modo, vamos ver o crescimento das ações que funcionaram em 2021 e o desaparecimento…

mercado fitness

O ano de 2020 foi marcante na vida de várias pessoas, principalmente daquelas que trabalham no mercado fitness. Já em 2021, todos precisaram se reinventar para atender às necessidades do novo público fitness que surgiu.

 

Agora, em 2022, de certo modo, vamos ver o crescimento das ações que funcionaram em 2021 e o desaparecimento daquelas que não funcionaram e/ou não fazem mais sentido.

 

A 16ª edição da Pesquisa Mundial de Tendências Fitness para 2022, elaborada pelo American College of Sports and Medicine (ACSM), vem para mostrar esse contexto de fortalecimento do segmento fitness.

 

O ACSM é bem claro ao dizer que o relatório mostra “tendências” e não “manias”, ou seja, o que será listado aqui são áreas que, de fato, irão performar em alta em 2022. Então, se você souber surfar essa onda, estará deixando o seu negócio fitness em boas condições.

 

O que é o mercado fitness?

 

Considerado um dos mais promissores da atualidade, o mercado fitness consiste em uma área ampla que engloba negócios voltados à saúde e bem-estar de modo geral.

 

Academias, box de CrossFit, studios, quadras para locação, centros de lutas e escolas de dança são exemplos de negócios que se enquadram no segmento fitness. Outras áreas como moda fitness, nutrição, venda de equipamentos também estão inseridas nesse mercado.

 

Segundo um relatório divulgado pela IHRSA, em 2019, o Brasil era o segundo maior mercado do mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos. O mercado americano, por exemplo, movimenta cerca de US$30 bilhões por ano.

 

Com as pessoas, cada vez mais, vendo valor na prática de atividades físicas, principalmente pela questão da saúde, é uma questão de tempo para que o mercado fitness brasileira ascenda.

 

Como funciona o mercado fitness?

 

Basicamente, o mercado funciona das seguintes formas: novas empresas, licenciamentos e franquias.

 

Para abrir uma academia, por exemplo, o empreendedor não precisa ser formado em Educação Física, mas é importante ter conhecimentos em administração de empresas. O mesmo acontece para as outras áreas do mercado.

 

Se o negócio for criado do zero, ou seja, uma nova empresa, é preciso que o proprietário invista em marketing e ações para a sua inauguração. Por isso, muitos empreendedores optam por iniciar com uma franquia, por ser uma marca já consolidada.

 

Mas independente da modalidade escolhida , o segmento fitness tende a ser bem democrático e proporcionar que profissionais de diversas áreas cresçam.

 

As top 7 tendências do mercado fitness em 2022

 

1. Tecnologia utilizável

 

Talvez os nomes “wearables” ou “tecnologia utilizável” sejam estranhos pra você, mas eu tenho certeza que eles fazem parte do seu dia a dia há anos.

 

Basicamente, são rastreadores fitness, relógios inteligentes, monitores de frequência cardíaca e dispositivos de rastreamento GPS que ajudam no controle de performance.

 

Consolidados por marcas como Polar, Fitbit e Apple, esses dispositivos podem ser usados como contadores de passos, podem rastrear a frequência cardíaca, temperatura corporal, calorias, tempo de sono e muito mais.

 

Felipe Mattos, co-fundador da High Pulse e COO da Tecnofit, afirma que “a busca por dados e resultados é essencial no modelo de negócio fitness. Você não consegue reter e engajar um aluno se você não traz para ele os resultados que ele está obtendo, eu vejo isso como o futuro: obter e entregar dados”.

 

2. Academias em casa

 

Essa é a primeira vez que a tendência “academias em casa” aparece no relatório do ACSM. Mesmo com a vacinação em massa e retração da pandemia, as academias caseiras serão tendência neste ano.

 

As pessoas continuarão se isolando, ficando em casa e aproveitando a grande variedade de equipamentos agora disponíveis, juntamente com aulas online eficazes.

 

As academias domésticas podem usar desde equipamentos mínimos, como uma cadeira ou tapete simples, até esteiras e bicicletas ergométricas caras.

 

À medida que o mundo vai se afastando do isolamento imposto pela pandemia, os fabricantes de academias domésticas precisarão fazer grandes ajustes, incluindo a redução do preço dos equipamentos, para convencer os consumidores de que vale a pena investir nessa modalidade.

 

3. Atividades e exercícios ao ar livre

 

Essa é uma ótima oportunidade para profissionais que atuam como personal trainer se destacarem. O mercado fitness é extremamente democrático e permite que profissionais de diversas áreas consigam ganhar espaço.

 

Exercícios ao ar livre podem ir desde uma corrida individual, até um passeio de bicicleta em grupo. Além, é claro, dos famosos grupos de trilha e escalada.

 

Além disso, podem consistir em atividades de um único dia, como em atividades mais duradouras, como um acampamento.

 

4. Treinamento de força com peso livre

 

Pesquisas anteriores incluíram uma categoria descrita como “treinamento de força”. Por ser uma categoria muito ampla, o treinamento de força foi extinto em 2020 e, em seu lugar, foi inserido treinamento de força com pesos livres, por ser mais específico.

 

Sendo assim, essa modalidade apareceu no relatório do ACSM pela primeira vez nas tendências para 2020, na 4ª posição, em 2021 caiu para o oitavo lugar, o que ainda é bem interessante. Agora, em 2022, subiu novamente para a 4ª posição.

 

Qualquer exercício que possa ser realizado com pesos, halteres, chaleiras, kettlebells, etc. se encaixam aqui. Nessa modalidade, os instrutores começam ensinando a forma adequada para cada exercício e, em seguida, aumentam progressivamente a resistência assim que a forma correta for alcançada.

 

5. Exercícios para perda de peso

 

Após quase 2 anos de pandemia, muitas pessoas estão relatando um ganho de peso, mesmo que em alguns casos isso seja apenas uma sensação. Por isso, a prática de exercícios focados em perda de peso voltou a figurar nas primeiras posições de tendências.

 

A maioria dos programas de dieta recomenda incluir algum tipo de exercício na rotina diária de restrição calórica, adicionando na equação o gasto calórico da atividade física.

 

Além disso, muitas pessoas estão buscando cuidar melhor da saúde nesse momento pós isolamento social. Os exercícios para perda de peso têm sido uma das 20 principais tendências desde o início da pesquisa do ACSM, lá em 2006.

 

6. Personal trainer

 

O treinamento individual continua a ser uma forte tendência à medida que a profissão de Personal Trainer se torna mais acessível online, em academias, em casa ou em locais de trabalho com instalações de ginástica.

 

O treinamento pessoal inclui teste de condicionamento físico e definição de metas com o treinador trabalhando individualmente com o cliente para prescrever exercícios específicos para suas necessidades e objetivos individuais. Em alguns casos pode envolver até mesmo nutrição e planos alimentares.

 

Desde que a pesquisa do ACSM foi publicada, pela primeira vez em 2006, o treinamento pessoal tem sido uma das 10 principais tendências: 9º colocado em 2017, 8º em 2018 e 2019, 5º em 2020, e agora 6º.

 

7. Treinamento intervalado de alta intensidade

 

O famoso High Intensity Interval Training (treino intervalado de alta intensidade), conhecido como HIIT, consiste em treinos realizados com o objetivo de acelerar o metabolismo, promover a queima de gordura e melhorar o condicionamento físico.

 

Esses programas de exercícios envolvem períodos curtos de exercícios de alta intensidade seguidos por um curto período de descanso.

 

Embora haja uma variedade de formatos e programas de HIIT disponíveis, todos enfatizam intensidades mais altas durante os segmentos de intensidade aumentada seguidos por períodos de descanso e recuperação.

 

Apesar dos avisos de alguns profissionais de fitness sobre as taxas de lesões potencialmente aumentadas usando o HIIT, essa forma de exercício tem sido popular em academias de todo o mundo.

 

Quais os desafios do mercado fitness?

 

Neste momento, onde há uma alta demanda por espaços fitness, o grande desafio do mercado é a profissionalização.

 

Por incrível que pareça, muitas academias têm muitos alunos matriculados, mas por questões de descontrole financeiro, inadimplência e má gestão acabam falindo. Por isso, para se destacar em um mercado tão competitivo como o fitness, é preciso atuar com profissionalismo.

A Tecnofit apoia mais de 5.000 negócios fitness no Brasil inteiro, com soluções inovadoras que fazem a diferença no dia a dia dos proprietários de academias, box de CrossFit e studios. Faça um teste grátis e comprove!

mercado fitness

Conclusão

 

Com previsão de crescer muito mais nos próximos anos, o mercado fitness é um ótimo caminho para quem deseja empreender nessa área. E, tendo conhecimento das principais tendências do segmento, fica mais fácil ainda crescer.

 

Todas as informações contidas neste artigo foram retiradas da Pesquisa Mundial de Tendências Fitness para 2022 realizada pelo The American College of Sports Medicine (ACSM), que foi divulgada recentemente de modo online.

 

E aí, agora que você já sabe as tendências para o mercado fitness em 2022, está pronto para fazer histórias neste ano? Até a próxima!


Deixe um comentário

Faça seu cadastro, teste e comece a impulsionar seus resultados!
Preencha seus dados e um dos especialistas da Tecnofit entrará em contato o mais rápido possível para uma demonstração.
hbspt.forms.create({ region: "na1", portalId: "5857780", formId: "aadf95cf-2dc8-4535-9e07-5a23bc8fefa3" });