tipos de avaliação física

É bastante comum que um aluno chegue para treinar em uma academia ou box de CrossFit com um atestado de saúde em mãos, e isso leva os gestores a abrirem mão de realizar um dos tipos de avaliação física. O que é um grande erro!

Para entender a importância de realizar avaliações físicas completas e constantes, além de saber os principais tipos, leia este post até o fim.

Para que serve a avaliação física?

Com certeza, você sabe o que é avaliação física. No entanto, é importante frisar que, para o gestor é fundamental fazer essa avaliação em seus alunos, até mesmo, para evitar problemas futuros.

Esse processo revela as condições físicas do novo aluno, assim como indica potenciais limitações físicas e biológicas do mesmo.

Por exemplo, se o aluno não falar que tem um problema no ombro, e isso não for identificado através de uma avaliação física, ele pode se machucar enquanto treina e ainda culpar o personal da academia.

A avaliação física também serve como um ponto de partida para os objetivos do aluno. Essa avaliação vai fornecer argumentos para os colaboradores da academia criarem um plano de treinos específico para aquele aluno.

Se engana quem pensa que uma avaliação física serve apenas para saber se o aluno pode treinar, ou não. Por isso, realizar avaliações periódicas é super importante para o bom funcionamento de um negócio fitness.

Principais tipos de avaliação física

Anamnese – Ideal para conhecer os hábitos gerais do aluno, assim como possíveis doenças hereditárias. A anamnese também serve para identificar lesões musculares, articulares, e fatores emocionais, como ansiedade, por exemplo.

Capacidade cardiorrespiratória – Um dos meios mais populares de realizar essa avaliação física é através do teste de queen’s college. Esse também é o momento para determinar os limites de treinamento e verificar a pressão arterial durante o esforço.

Avaliação antropométrica – Muito comum nas academias, essa avaliação coleta dados como peso, altura, índice de massa corpórea (IMC), percentual de gordura e quantidade de massa muscular. Ela é feita no início e durante todo o período do aluno na academia.

Avaliação neuromotora – Ideal para identificar flexibilidade, força, resistência muscular e amplitude dos movimentos do aluno. Os exercícios mais comuns nessa avaliação são flexões de braço e abdominais.

Avaliação postural – O objetivo é diagnosticar possíveis alterações na postura do aluno que podem interferir na prática correta dos exercícios demandados. A avaliação postural busca desvios como lordose, escoliose, cifose, entre outros.

Avaliação nutricional – Deve ser feita com o apoio e aval de um nutricionista. A avaliação nutricional investiga mais profundamente os hábitos alimentares do aluno, assim como cria um cardápio ideal para o aluno começar a seguir dali em diante.

Conclusão

Como dito anteriormente, é por meio dos dados coletados nos tipos de avaliação física que o professor ou coach vai prescrever os melhores exercícios, de acordo com a individualidade de cada aluno. Dessa forma, além de entender melhor quais são as necessidades do aluno, você também oferece um serviço mais completo e focado em desenvolver as melhores habilidades do aluno. 

Por esse motivo que as avaliações físicas são tão importantes quando um negócio fitness deseja oferecer um serviço de qualidade e com personalização, gerando um fator competitivo e destacando-se da concorrência. 

Através da avaliação física é possível saber se o treino está surtindo efeito, se é necessário fazer mudanças nos exercícios ou na alimentação do aluno. Por isso, não abra mão dessa importante ferramenta!

O que você achou deste conteúdo? Caso tenha ficado alguma dúvida, deixe um comentário abaixo! Você também pode testar um sistema de gestão completo e exclusivo para o seu negócio. Basta clicar aqui


Deixe um comentário

Faça seu cadastro, teste e comece a impulsionar seus resultados!
Preencha seus dados e um dos especialistas da Tecnofit entrará em contato o mais rápido possível para uma demonstração.
hbspt.forms.create({ region: "na1", portalId: "5857780", formId: "aadf95cf-2dc8-4535-9e07-5a23bc8fefa3" });

O segredo de quem conseguiu preencher seu Studio de
alunos - inclusive nos horários menos disputados