6 dicas para o planejamento financeiro do seu negócio fitness em 2021

Posts

»

6 dicas para o planejamento financeiro do seu negócio fitness em 2021

O planejamento financeiro é fundamental para que o seu empreendimento fitness se mantenha ativo e gerando lucros. 

 

Antes de tudo, é necessário entender a realidade empreendedora do Brasil, já que empreender por necessidade também requer planejamento financeiro.

 

De acordo com o Sebrae, o empreendedorismo por necessidade foi responsável pela abertura de 11,1 milhões de empresas no país.

 

Dentro dessa realidade, muitas empresas da área fitness surgem diariamente, então se destacar nesse mercado é necessário.  

 

Assim, você precisa entender que empreender significa correr riscos calculados e requer conhecimentos prévios sobre o mercado.

 

Como também, informações sobre abertura de empresas, estudo de viabilidade econômica e financeira.

 

Outro fator importante é saber equilibrar os recursos que estão ao seu alcance para desenvolver um plano de negócios.

 

Se você é um empreendedor novato, comece separando suas contas pessoais da conta da empresa.

 

Em seguida, aprenda como calcular o preço do seu produto/serviço e descubra qual é o ponto de equilíbrio operacional da sua empresa.

 

Agora que você entendeu a importância de levar a gestão financeira do seu negócio a sério, vamos te apresentar algumas dicas.

 

6 etapas de um planejamento financeiro

 

O planejamento financeiro deve apresentar o levantamento dos saldos de todas as contas, despesas e previsões de entradas.

 

Como também deve conter a ilustração da realidade financeira da empresa.

 

Isso quer dizer que o planejamento financeiro é o “médico” da sua empresa, ele vai ser o responsável por manter a saúde do caixa. 

 

Por isso separamos essas dicas: 

 

1) Analise o mercado

Em primeiro lugar, você deve analisar o mercado onde o seu negócio está inserido.

 

Isso quer dizer que você precisa ver quais são os pontos positivos e os pontos negativos da sua empresa na sua área de atuação.

 

Ao fazer esse processo, não esqueça de fazer análise e comparação com os seus concorrentes. Também é importante saber qual é a percepção deles diante os consumidores, qual linha de produtos eles oferecem.

 

Outra parte necessária é procurar por tendências que possam impactar positivamente o progresso do seu negócio.

 

Você precisa lembrar de anotar ou salvar todas as suas observações e análises que serão consultadas futuramente.

 

2) Métricas globais

As métricas globais são objetivos que você deve definir que vão nortear a sua empresa durante o ano, ou seja, são suas metas.

 

Durante esse processo inclua qual é a sua projeção de faturamento anual, defina o limite de custo e despesa.

 

Sem falar que você deve definir qual será o limite de investimentos com materiais que serão usados no seu negócio. 

 

Da mesma forma, não esqueça de definir um orçamento para equipamentos que vão ajudar na rotina da empresa e funcionários como, por exemplo, a compra de esteiras.

 

Para finalizar as métricas globais, reserve uma quantia para a contratação de novos funcionários. Dependendo da situação financeira da sua empresa, serão contratação pontuais.

 

E não esqueça de fazer uma projeção da margem de lucro anual que você deseja alcançar.

 

3) Crie um plano de ação

A criação de um plano de ação começa definindo objetivos para o seu negócio fitness lembra das metas globais citadas acima?

 

Então, elas vão se encaixar neste momento também.

 

Depois de definir os objetivos, será necessário fazer um mapeamento de ações para que os resultados almejados sejam alcançados. Isso inclui criar um cronograma com definição de tarefas que irão de encontro aos objetivos da empresa.

 

Além disso, divida as tarefas que serão executadas entre os funcionários da sua empresa. E não esqueça de documentar todos os passos do processo para que a administração do seu negócio tenha um padrão. Por fim, defina os responsáveis por cada área do seu negócio fitness.

 

4) Faça um orçamento anual

Como o nome já diz, todo(a) empresário(a) deve definir um orçamento financeiro anual.

 

Ao fazer o cálculo desse número é bom ter em mente que o faturamento deve ser convertido em projeção de vendas dos serviços ou produtos oferecidos.

 

Isso significa que, na prática, esses números devem se materializar, sair de apenas uma projeção. Para se tornar realidade e isso acontece através das vendas do produto ou serviço.

 

Nesse ponto também entra a contratação de novos funcionários porque ela impacta diretamente na projeção de investimento que você definiu para custos e despesas.

 

5) Tenha um plano reserva

Enfim, chegamos a última etapa do processo financeiro empresarial que você deve prestar a atenção. Não tenha apenas uma opção.

 

Se você está se perguntando: “mas o que isso quer dizer?”, não se preocupe, eu vou explicar. É comum que quando um planejamento é realizado, o foco fique apenas nas projeções positivas.

 

Que o gestor não leve em consideração que o plano não saia de acordo com o esperado. Por isso é importante se lembrar de ter uma projeção otimista, onde tudo acontece conforme o esperado e outra projeção.

 

Essa é mais pessimista, onde as coisas não acontecem como o planejado e os resultados esperados não são alcançados.

 

No entanto, mais do que ter essas duas possibilidades em mente é necessário saber quais ações tomar caso a perspectiva negativa prevaleça.

 

6) Crie rotina de registros

 

Assim, para aplicar seu planejamento financeiro é importante saber como controlar os gastos do seu negócio.

 

Dessa maneira, registrar e acompanhar as movimentações financeiras mensalmente são atitudes essenciais. 

 

Algumas pessoas ainda utilizam planilhas em excel para fazer esse trabalho, o que não é errado, mas hoje já existem soluções mais práticas e simplificadas. 

 

Essa é outra vantagem de utilizar uma plataforma como a Celero, que é capaz de fazer a leitura de documentos em formato de imagens. 

 

Isso quer dizer que em alguns cliques, você consegue exportar boletos e contas para dentro do sistema online.

 

Os dados desses documentos são lidos por meio de inteligência artificial, então são dados exatos e precisos. Os números e comparativos que são gerados são reais e podem guiar os próximos passos da empresa.

 

Além disso tudo, também existe a vantagem de ter um lugar para registrar todas as finanças da empresa.

 

O que vai te permitir visualizar o resultado do planejamento financeiro de forma mais compreensível e estratégica.

 

*Conteúdo produzido por Isabela Meneses, da Celero.


Data de publicação: 27 de janeiro de 2021

Assuntos relacionados

Compartilhe esse artigo:

Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa Newsletter para ficar por dentro dos conteúdos da Tecnofit.

Rua General Mário Tourinho, 1746 - 12° andar
Bairro Seminário - CEP: 80740-000 - Curitiba - PR
Tecnofit Tecnologia e Sistemas LTDA - ME | CNPJ: 21.231.459/0001-76

Os usuários são aconselhados a ler atenciosamente nossa política de privacidade.

© Todos os direitos reservados. Agência Polvo